AutoGear
Redes Sociais

Sexta-feira terminou com Bruno Magalhães a recuperar o comando do Rali Vinho da Madeira

Bruno Magalhães está de regresso à dianteira do Rali Vinho da Madeira, prova integrante do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). No fim do primeiro d...

Bruno Magalhães está de regresso à dianteira do Rali Vinho da Madeira, prova integrante do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). No fim do primeiro dia completo de prova, o piloto recuperou a liderança que perdera mais cedo.

O último trecho desta sexta-feira, com mais quatro especiais, começou no troço de Boaventura com a PEC 6 – na qual Alexandre Camacho (Skoda) bateu José Pedro Fontes (Citroën Vodafone Team) para consolidar a liderança. Já na especial seguinte, em Cidade de Santana, Miguel Nunes (Skoda) foi 1,8s mais veloz do que Camacho, que como Magalhães (Team Hyundai Portugal) foi quarto voltou a ganhar tempo face ao principal perseguidor.

Na PEC 8 (Boaventura 2), Fontes fez o melhor crono e Camacho foi segundo conseguindo voltar a distanciar-se de Magalhães. Contudo, tudo seria diferente na PEC 9 (Cidade de Santana 2). Camacho teve contratempos que lhe custaram 23,3s para Magalhães – o mais rápido da especial. Assim, o lisboeta passou para a liderança do rali com oito segundos exatos de avanço sobre o madeirense.

Fontes foi o terceiro do troço e avançou para a terceira posição da geral, enquanto Nunes caiu para quinto igualmente atrás de Armindo Araújo (The Racing Factory/Skoda) fruto do décimo tempo da PEC 9.

Top dez da geral após a PEC 9:

Etiquetas:
Artigos Relacionados
SportTV Halfpage