Rali da Nova Zelândia ao rubro: Ott Tänak lidera e top quatro cabe em 7,2s

Emoções fortes no Rali da Nova Zelândia depois do primeiro dia completo desta prova do Mundial de Ralis (WRC). Ott Tänak é o líder, quando o top quatr...

Emoções fortes no Rali da Nova Zelândia depois do primeiro dia completo desta prova do Mundial de Ralis (WRC). Ott Tänak é o líder, quando o top quatro cabe em apenas 7,2s ao cabo de sete classificativas.

A M-Sport Ford começou este dia mais forte, com Gus Greensmith a impor-se na PEC 2 (Whaanga Coast 1) por 0,4s face a Sébastien Ogier (Toyota) e Craig Breen a assumir o comando depois do terceiro registo. Elfyn Evans (Toyota) foi o mais rápido na classificativa seguinte em Te Akau South com 1,3s de avanço face a um trio constituído por Tänak, Breen e Kalle Rovanperä (Toyota) – o que manteve Breen no topo e promoveu Tänak a segundo e Evans a terceiro. Greensmith caiu para quarto.

Na PEC 4 (Te Akau North 1), Tänak assinou o melhor crono batendo Rovanperä por 0,7s e assim chegou à liderança com 2,6s de margem face a Evans e a Breen. Este conheceu o azar na PEC 5 (Whaanga Coast 2), quando sofreu um despiste que o afastou da contenda. Ogier foi o mais veloz e assumiu a liderança do rali 1,3s na frente de Evans. Tänak baixou a terceiro.

Com a vitória na PEC 6 (Te Akau South 2), Rovanperä ascendeu a quarto na geral, mas o terceiro tempo foi suficiente a Ogier para conservar a liderança. Porém, na sétima classificativa tudo mudou. Ogier teve dificuldades e perdeu 13,3s para Tänak, que foi o mais veloz do troço Te Akau North 2 e passou para o topo do rali. Tem dois décimos de avanço para Evans.

Ogier desceu a terceiro e está a 6,7s da dianteira, ao passo que Rovanperä é quarto a 7,2s de Tänak depois do terceiro registo na PEC 7. Greensmith mantém-se no top cinco, sendo quinto, mas está já a 43,8s do topo. Thierry Neuville (Hyundai) é sexto apenas 1,8s atrás do britânico.

Entre os Rally2, Hayden Paddon (Hyundai) lidera destacado esta sua prova caseira, com 1m01,5s de avanço face a Kajetan Kajetanowicz (Skoda) nas contas do WRC2 Open. O neozelandês ganhou quatro das seis classificativas de sexta-feira, enquanto o polaco foi o mais forte das outras duas. Shane van Gisbergen (Skoda) é terceiro a 1m37s.

Top dez da geral após a PEC 7:

Etiquetas:
Artigos Relacionados