Penalização a Ott Tänak deixa Elfyn Evans no topo do Rali da Nova Zelândia

Elfyn Evans chegou à liderança do Rali da Nova Zelândia, antepenúltima ronda do Mundial de Ralis (WRC). Ott Tänak foi o mais forte na estrada esta sex...

Elfyn Evans chegou à liderança do Rali da Nova Zelândia, antepenúltima ronda do Mundial de Ralis (WRC). Ott Tänak foi o mais forte na estrada esta sexta-feira, mas já depois do fim do dia foi penalizado pelos comissários de prova.

O homem da Hyundai tinha alcançado ao topo da classificação no último troço de sexta-feira, a PEC 7 em Te Akau North 2. Com o atraso de Sébastien Ogier (Toyota) nessa mesma especial, Tänak assumiu o comando com apenas 0,2s de avanço face a Evans (Toyota).

No entanto, uma infração relativa ao uso em excesso da energia híbrida durante a super-especial de abertura valeu ao estónio cinco segundos de penalização. O mesmo aconteceu com o seu colega de equipa, Thierry Neuville, que deste modo fica mais longe do top cinco do rali.

Com a admoestação a Tänak, o Rali da Nova Zelândia passa a ser liderado por Evans com 4,8s de avanço sobre Tänak. Ogier mantém-se em terceiro a 6,8s, seguindo-se Kalle Rovanperä (Toyota) a 7,2s e Gus Greensmith (M-Sport Ford) a 43,8s. Neuville continua em sexto, mas agora a 6,8s do rival imediatamente à frente.

Etiquetas:
Artigos Relacionados