Falta de aderência condicionou Lewis Hamilton na última volta da qualificação em Singapura

Lewis Hamilton esteve perto de regressar às pole positions no GP de Singapura de Fórmula 1. O homem da Mercedes foi uma das figuras de destaque na qua...

Lewis Hamilton esteve perto de regressar às pole positions no GP de Singapura de Fórmula 1. O homem da Mercedes foi uma das figuras de destaque na qualificação deste sábado, ficando a apenas 54 milésimos do líder Charles Leclerc (Ferrari) depois de ter chegado a liderar.

Em comunicado, o heptacampeão afirmou que se tratou de uma qualificação complicada e faltou-lhe aderência na última tentativa para ir mais além:

– Estive a atacar tão forte e foi incrivelmente renhido. Foi muito difícil colocarmo-nos numa posição em que pudéssemos lutar pelo primeiro lugar e só não tive aderência suficiente na última volta. A vir para aqui não sabíamos o quão próximos poderíamos estar este fim de semana. Sabíamos que seríamos mais fortes do que em Monza, mas não sabíamos exatamente quanto’.

Mostrando a sua gratidão pelo trabalho e pelo resultado, Hamilton está agora a pensar na corrida deste domingo: ‘Estou grato por estar na segunda fila para amanhã. E estou grato à equipa por continuar a esforçar-se. Só mantemos as nossas cabeças em baixo e esperamos por um dia positivo amanhã’.

Etiquetas:
Artigos Relacionados