Desilusão para Bruno Magalhães na Madeira com abandono quando a vitória estava perto

Bruno Magalhães esteve muito perto de obter a sua primeira vitória da época do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) no Rali Vinho da Madeira. O pilot...

Bruno Magalhães esteve muito perto de obter a sua primeira vitória da época do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) no Rali Vinho da Madeira. O piloto estava em segundo lugar absoluto e no comando das contas do campeonato nacional desde início quando foi forçado a abandonar na antepenúltima classificativa com problemas técnicos no carro.

Um desfecho que deixou Magalhães naturalmente desapontado, como o próprio admitiu: ‘Foi uma grande desilusão esta desistência, depois de ocupar a liderança da prova do CPR desde a primeira classificativa e quando já tinha o lugar mais alto do pódio no meu horizonte, dispondo de uma boa vantagem para o adversário mais direto’.

Apesar do desfecho, o piloto do Team Hyundai Portugal assegurou que há ilações satisfatórias a tirar da prova madeirense: ‘Sinto-me triste, como é evidente, embora saiba que estas coisas fazem parte dos ralis, mas resta o conforto de saber que o Hyundai i20 N Rally2 teve um desempenho fantástico, em termos de competitividade, confirmando-se as boas indicações deixadas na prova anterior’.
Ainda faltam duas rondas para o fim da época do CPR, e Magalhães frisou que já pensa na próxima: ‘Não vamos baixar os braços, agora há que iniciar a preparação do Rali do Alto Tâmega, uma prova da qual também gosto muito’.

Etiquetas:
Artigos Relacionados