Christian Horner lamenta não ter contratado Oscar Piastri para a Red Bull

Um dos mais promissores pilotos que em 2023 vai chegar à Fórmula 1 é Oscar Piastri, ao serviço da McLaren – isto depois de se ter separado da Alpine,...

Um dos mais promissores pilotos que em 2023 vai chegar à Fórmula 1 é Oscar Piastri, ao serviço da McLaren – isto depois de se ter separado da Alpine, que o apoiou nos últimos anos.

Anteriormente, o australiano disputou campeonatos de promoção com a Arden (co-fundada por Christian Horner) e o chefe de equipa da Red Bull confidenciou ao podcast Beyond the Grid que lamenta não ter contratado Piastri para o programa de jovens dos austríacos:

– Ele pilotou para a Arden na Fórmula 4 e na Fórmula Renault, e era obviamente um talento significativo. Existiu uma oportunidade para a Red Bull olhar para ele na altura, e não exercemos essa opção, que é algo que lamento. Mas o que ele continuou a conquistar é fenomenal, na Fórmula 3 e na Fórmula 2’.

Horner prosseguiu: ‘Agora, se ele tivesse sido piloto aqui, não há forma de ele não estar bloqueado durante um período. [...]. É difícil avaliar o que foi prometido ou renegado, e por aí adiante. Mas certamente foi inesperado, provavelmente de diversas áreas’.

Etiquetas:
Artigos Relacionados