Alexander Albon: ‘GP da Bélgica foi uma das melhores corridas que tive na F1’

Alexander Albon regressou aos pontos no GP da Bélgica de Fórmula 1, no qual levou o seu Williams ao décimo lugar. Partiu do sexto posto – graças a pen...

Alexander Albon regressou aos pontos no GP da Bélgica de Fórmula 1, no qual levou o seu Williams ao décimo lugar. Partiu do sexto posto – graças a penalizações de outros pilotos depois de se ter qualificado em nono – e na corrida conseguiu suster uma posição entre os dez primeiros apesar de todas as dificuldades que teve.

Citado no site f1i.com, o anglo-tailandês explicou que foi uma corrida árdua, em particular do ponto de vista dos pneus: ‘Foi complicado. Depois da partida, estava a pensar que ia ser uma corrida longa. Já conseguia senti-lo nas voltas para a grelha de partida, que a degradação [dos pneus] ia ser muito alta. Foi incrível o quanto a temperatura da pista fez os pneus terem assim tantas dificuldades a mais. A Pirelli tem um limite de pressão mínimo muito alto e este não se adequa verdadeiramente a nós com a configuração de carga aerodinâmica que temos no carro. No setor dois houve muito mais gestão, mas ao mesmo tempo não consegui gerir muito no fim da corrida e estivemos a aguentar-nos’.

No fim da prova belga, Albon ficou com a sensação de ter sido uma das melhores que já realizou, como admitiu: ‘Foi, na minha opinião, uma das melhores corridas que tive na Fórmula 1. Pareceu que o último stint foi só a aguentar-me e sem poder cometer quaisquer erros, ou então íamos ser imediatamente ultrapassados. Mas a velocidade de ponta salvou-nos um pouco e estou contente por termos visto a bandeira axadrezada’.

Etiquetas:
Artigos Relacionados