Alexander Albon considera que as críticas em 2020 foram demasiado duras

Alexander Albon teve um ano complicado em 2020 com a Red Bull, após o qual foi substituído por Sergio Pérez ficando sem espaço no pelotão em 2021. Na...

Alexander Albon teve um ano complicado em 2020 com a Red Bull, após o qual foi substituído por Sergio Pérez ficando sem espaço no pelotão em 2021. Na altura, ficou com a sensação que recebeu críticas demasiado fortes e injustas, às quais teve agora a chance de responder em pista com a vaga na Williams.

Segundo o planetf1.com, o anglo-tailandês foi questionado sobre se sentia que tinha algo a provar com o regresso à F1, ao que retorquiu: ‘Sim, calculo que sim. É óbvio que senti que 2020 não foi um bom ano, e senti que talvez tenha sido bastante criticado sobre algo que, em reflexão, não senti que fosse assim tão mau nesse ano. Quase sais do desporto e depois não consegues mesmo mostrar às pessoas o que sentias que podes fazer’.

Para Albon, o regresso ao pelotão foi uma dupla oportunidade – responder aos comentários negativos e voltar à ação: ‘Quando eu tive a oportunidade de voltar à F1, foi como: «Este é local perfeito, o momento perfeito agora para calar os comentários. E é claro que há sempre muita motivação e fome de o fazer, mas também, claro, foi puramente apenas voltar à F1’.

Etiquetas:
Artigos Relacionados